terça-feira, 29 de junho de 2010

Branquinha.

Coisinha branca
Que chegaste encardidinha
E tomaste de assalto
Os nossos corações
Seu sorriso incompleto
E seu trote feliz
Nos tornam melhores
Você alegra os nossos dias
Aquece os nossos corações
Ô, coisinha branca
Você não merece passar
O que passou
Você merece o paraíso
Cheio de biscrocks
E muito carinho
Nenhuma pulga
Ou carrapato
Coisinha branca
Você é demais
Doce demais
Carinhosa demais
Simplesmente demais.

quinta-feira, 24 de junho de 2010

Minha Leoa

Sejas tu a minha Leoa
E serei eu o teu domador
E se o circo não pegar fogo
Incendiaremos nós
O mundo
Com o ardor
Da chama
De nosso prazer. 

terça-feira, 22 de junho de 2010

Inverno

O Inverno
Chegou.
E as folhas
Caíram.
A temperatura
Também caiu.
Quero ver
Você.
E
Me aquecer.
E
Te aquecer.
E sumir
Com você.













terça-feira, 15 de junho de 2010

FUZ II

Loção Pós-Barba e Cerveja.
Cereja?
Noite fria na Serra.
Terra?
Meu amor dorme e a copa tá chegando.
Quando?
O som é Los Hermanos, ironia?
Quem diria?
Quero um edredon, quero ela.
Amarela?
Quero um cigarro mentolado.
Legalizado?
Quero beber e dirigir no Alto da Boa Vista.
E que vista?
Lei Seca a um quilômetro.
Bafômetro?
Saudade do chevete e do licor de hortelã.
Até de manhã?
Gosto dessa música, vou procurar meu amor.
Que horror?
Pasta de dente da frente e lareira.
Bandeira?
Artois, cadê você Stella?
Bella?
Mais uma volta na cidade.
Nos canais da tv.
Vou dormir.

segunda-feira, 7 de junho de 2010

FUZ

Quero uma noite fria como uma música dos Smiths


Um copo de vodka e uma touca para cobrir as orelhas

Ouço uma garota cantando um rock que parece antigo

Dá vontade de fumar

Penso em Tarantino e Platão, o Toni

Bebo mais do genérico do sorine

Amanhã é quarta-feira

É preciso ter cuidado com o que se deseja

O frio racha os lábios e estraçalha o joelho

A garrafa está cheia de fumaça e sonhos

Bebo tudo, bebo tudo

Quero sambar um rock do DJ Malboro com a Linda Evangelista

Quero um sorriso de montanha

Vamos beber um café expresso

Me liga, me liga

Quimeras, que merda

Você pode ir embora

Embora eu vá com você

A música parou

Vou ver o que aconteceu

Faltou luz

Fuz.